ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-
Acessibilidade

Estrutura Organizacional

  • Departamento de Combate às Endemias e Vigilância Sanitária

    Remilton de Carvlho Aragão Soares

    Telefone: 62 99993-9692

    E-mail: saude@novaroma.go.gov.br

    Endereço: Av. João Bernarde Rabelo, s/n, Centro

    Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta das 07h às 11h e das 13h às 17h

    Competências

    Lei N° 322/2016 - Capítulo III - Seção IV - Subseção III


    Art. 21 - O Departamento de Combates às Endemias e Vigilância Sanitária tem como atribuição, entre outras de natureza específica do órgão:


    I – responsabilizar pelo gerenciamento das ações básicas da saúde e combate às endemias, de controle de vetores, vigilância entomológica, ambiental e administrativa;


    II – participar da elaboração da Pactuação das Ações Prioritárias de Vigilância em Saúde -PAP-VS dos programas de Controle de Doenças Transmitidas por Vetor - CDTV do município;


    III – participar da organização de treinamento de pessoal de campo e propiciar condições de realização dos mesmos;


    IV – planejar e supervisionar as atividades e itinerários dos agentes de combate às endemias que atuam no Município;


    V – acompanhar o registro de dados e fluxo de formulários no campo;


    VI – afastar imediatamente das atividades de inseticida os agentes, quando houver indicações (diagnóstico de colinesterase sanguínea, orientação médica, gestantes, sintomas de intoxicação, alergias etc.);


    VII – coordenar, acompanhar e supervisionar a execução das atividades planejadas para o Município nas ações de combate as endemias;


    VIII – buscar apoio da Secretaria Municipal de Saúde para execução das atividades planejadas;


    IX – realizar as articulações necessárias para integração das vigilâncias epidemiológica, sanitária, entomológica, saneamento, limpeza urbana e outros órgãos envolvidos na vigilância ambiental;


    X – manter o conselho municipal de saúde e a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento Básico informada sobre o cumprimento de metas estabelecidas na PAP-VS das ações de controle de vetores;


    XI – gerenciar efetivamente a armazenagem, distribuição no campo, manuseio e aplicação de inseticidas de acordo com critérios do Ministério da Saúde;


    XII – fornecer equipamentos de proteção individual adequado, orientar e supervisionar quanto ao uso correto;


    XIII – manter atualizados os dados que permitam conhecer a situação epidemiológica e entomológica do município;


    XIV – verificar a situação epidemiológica, estratégias e objetivos dos principais programas de prevenção e controle das doenças mais prevalentes no município, estado e no país;


    XV – avaliar com os supervisores do Ministério da Saúde/Estado, Macrorregião e Núcleo de Vigilância Epidemiológica o cumprimento de metas da PAP-VS dos programas de controle de vetores bem como a qualidade das ações empregadas;


    XVI – outras atribuições na sua área de atuação, que sejam delegadas pela Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento Básico.